Jean faz dois e derruba o Tricolor em São Janu

Atacante sai do banco de reservas para virar a partida para o Cruzmaltino no segundo tempo

Agência / VIPCOMM

Jean brilha, e Vasco vence o Grêmio de virada

Atacante entra no segundo tempo e marca os dois gols cruzmaltinos, quebrando a invencibilidade do Tricolor no Brasileiro

Depois da eliminação da Copa do Brasil, a reabilitação do Vasco tem um nome: Jean. O atacante entrou no segundo tempo e marcou os gols do time cruzmaltino na vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio, neste sábado, em São Januário, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor gaúcho perdeu a invencibilidade e sofreu seus primeiros gols na competição.

Na próxima rodada, o Vasco vai a Belo Horizonte enfrentar o líder Cruzeiro, no domingo. No mesmo dia, o Grêmio recebe o Fluminense em Porto Alegre, buscando a reabilitação no Brasileirão.

O Vasco iniciou a partida tendo maior posse de bola, e, com isso, conseguindo chegar com mais freqüência ao gol adversário. E a primeira grande chance do jogo foi cruzmaltina. Após um belo lançamento de Morais pela direita, Wagner Diniz recebeu e cruzou rasteiro. Alan Kardec e Leandro Amaral não alcançaram a bola, que sobrou para Madson, mas o lateral chutou para fora.

Ao sair para a frente, o Vasco deixava muitos espaços. E foi aproveitando essas brechas que o Grêmio cresceu na partida, utilizando a velocidade como arma para surpreender o adversário. Aos oito minutos, Roger avançou pela direita e não foi incomodado até entrar na grande área e chutar, mas sem mira alguma.

O lance deu ainda mais confiança ao Grêmio, que conseguia criar boas jogadas de contra-ataque. Três minutos depois, Roger desperdiçou outra boa chance. Soares lançou Paulo Sérgio na direita. O lateral avançou e cruzou para o camisa 10, que, novamente dentro da área, chutou para fora.

O time da casa, então acordou, e passou a ter mais a iniciativa das jogadas. O primeiro gol quase saiu num contra-ataque, iniciado após uma cobrança de falta do Grêmio. Morais arrancou e tocou para Wagner Diniz. Pelo lado direito, o lateral recebeu e chutou cruzado, mas para fora.

Apesar do domínio, o Vasco pecava nas conclusões. Mas o Grêmio foi mais eficiente nesse fundamento, e abriu o placar aos 30 minutos. Numa boa jogada trabalhada, Paulo Sérgio cruzou pelo lado direito, e a bola foi com perfeição na cabeça de Reinaldo. O atacante cabeceou para o chão, no canto esquerdo de Tiago, fazendo 1 a 0.

O gol passou a irritar a torcida do Vasco, que vaiava a equipe a cada saída lenta para o ataque. O time conseguia chegar na entrada da área do Grêmio, mas não encontrava o caminho para penetrar na área adversária. E foi com um chute de longa distância que o time cruzmaltino assustou aos 37 minutos. Morais fez jogada individual e rolou de calcanhar para Leandro Bomfim, que chutou forte, rente à trave direita de Victor.

Jean entra no intervalo e empata para o Vasco

Na volta para o segundo tempo, o Vasco apareceu com Jean no lugar de Morais. O objetivo de Antônio Lopes era dar maior movimentação à equipe para encontrar espaços na fechada defesa do Grêmio. E o resultado não demorou muito a aparecer. Jean recebeu na entrada da área, ajeitou e chutou forte no canto esquerdo de Victor, empatando a partida.

Em seguida, o técnico Celso Roth substituiu Soares por Marcel, buscando ganhar vantagem nas bolas aéreas. Já Antônio Lopes tirou o grandalhão Alan Kardec e promoveu a estréia de Landu, que era uma opção de maior velocidade. A partida neste momento estava equilibrada, com as duas equipes não conseguindo chegar de forma efetiva ao gol adversário.

Aos 26 minutos, o Grêmio fez uso da principal característica de Marcel. Anderson Pico cruzou pela esquerda, e o atacante cabeceou. Apesar do quique da bola no campo molhado pela chuva, o goleiro Tiago defendeu com segurança. A partir de então, o time gaúcho passou a adotar uma postura mais defensiva, com a entrada do volante Makelele no lugar do atacante Reinaldo, machucado.

A punição ao Grêmio veio logo em seguida. Wagner Diniz avançou pelo lado direito e cruzou rasteiro para Jean, que chutou. A bola explodiu na zaga e voltou para o atacante, que emendou para o gol, fazendo 2 a 1 para o Vasco, aos 30 minutos.

Como último recurso, o técnico Celso Roth colocou em campo o atacante Jonas no lugar de Roger. Mas com uma confiança maior, o Vasco abusava da velocidade para surpreender o Grêmio, que buscava o empate. A equipe cruzmaltina investia nas jogadas de Madson e Jean pelo lado esquerdo.

Nos minutos finais, o Vasco procurou manter a bola em seu campo ofensivo, ganhando tempo. O Grêmio, mesmo já com dois atacantes, não mostrou o ímpeto necessário para buscar ao menos o empate. Aos 48 minutos, Jonas ainda perdeu uma grande oportunidade.

Ficha do jogo

VASCO 2 x 1 GRÊMIO
Tiago, Luizão, Jorge Luiz e Rodrigo Antônio; Wagner Diniz, Jonílson, Leandro Bomfim, Morais (Jean) e Madson (Souza); Leandro Amaral e Alan Kardec (Landu). Victor, Léo, Pereira e Réver; Paulo Sérgio, Eduardo Costa, Rafael Carioca, Roger (Jonas) e Anderson Pico; Soares (Marcel) e Reinaldo (Makelele).
Técnico: Antônio Lopes. Técnico: Celso Roth.
Gols: Reinaldo, aos 30 minutos do primeiro tempo; Jean, aos 7 e aos 30 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Leandro Bomfim, Jean (Vasco); Léo, Paulo Sérgio, Pereira, Reinaldo, Rafael Carioca (Grêmio).  Público: 3.402 pagantes. Renda: R$ 56.445,00.
Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ). Data: 31/05/2008. Árbitro: José Henrique de Carvalho (SP). Auxiliares: Ednilson Corona (Fifa/SP) e Carlos Berkenbrock (SC).
Anúncios

  1. o vasco e time da virada.




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: